Free counter and web stats

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Andando de Elevador no Trabalho

Toda vez que preciso pegar elevador aqui no trabalho há algumas coisas que me intrigam. Não sei se é por estarmos numa cidade do interior ou se eu que sou chato. Mas vou listar aqui.

1 - A turma que não entende que para subir ou descer você chama o elevador por botões diferentes. Não adianta. Apertam os dois. O ele vador para em cada andar eo cara ainda reclama que ele queria era descer.

2 - Invisibilidade da sinalização de subindo ou descendo. Há mais de uma indicação luminosa sobre o sentido em que está o elevador, mas a necessidade de perguntar a quem já está lá dentro deve ser irresistível.

3 - A turma que gosta de passear o elevador. O pessoal do exempo 1 aperta os dois botões. Alguns não satisfeitos embarcam mesmo que não esteja no sentido desejado e vão até o último andar(ou ao térreo) e reclamam quando no volta o elevador para novamente no andar em que ele estava.

4 - Aqui acho que o erro é do projeto mesmo. Não há ventilação nos elevadores. O prédio é novo, todo bonitinho, cheio de frescura. Mas o elevador não tem ventilação. Nos dias quentes um forno. Nos outros dias sempre há cheirinho surpresa. Pode ser cigarro, suor, perfume de má qualidade, flatulência. Fica tudo lá.

Mas eu que devo ser chato mesmo.

Um comentário:

  1. Já tinha lido, mas resolvi comentar.
    Vc é chato mesmo. Mas tem razão.

    ResponderExcluir